IA aprende a escrever programas (Como assim?)

Um sistema de machine learning aprendeu a escrever um programa usando linhas de código de outros programas e resolveu desafios básicos de programação. O sistema, criado por profissionais de pesquisadores da Microsoft e da Universidade de Cambridge, tem como nome “DeepCoder“. A ideia é ajudar pessoas que não sabem programar e que querem fazer programas simples – agora com a ajuda de uma IA – Inteligência Artificial.
Segundo a New Scientist, o DeepCoder usa uma técnica chamada “síntese de programas”: criar novos programas números binários_ia_black_holea partir de linhas de código tiradas de softwares existentes – como talvez um programador eventualmente faça. A partir de uma lista de inputs e outputs em cada fragmento de código, DeepCoder aprendeu quais partes de código eram necessárias para alcançar o resultado final desejado.
Para os criadores, isso pode significar muito a longo prazo. Atualmente, o DeepCoder consegue resolver problemas que envolvem aproximadamente cinco linhas de código. No futuro, ele pode ser útil para ajudar a resolver bugs em sistemas de maneira muito mais rápido, por exemplo.
Muita gente tem medo do que a IA pode representar – diminuição de empregos, ameaça à espécie humana? Grande parte deste temor é alimentado por filmes que exploram a temática, como O Exterminador do Futuro e Ex Machina, por exemplo. Mas basta um breve olhar para o passado – e para o nosso próprio tempo – para perceber que tecnologia é significado de mais empregos – mesmo que em áreas diferentes. Máquinas não funcionam sozinhas – ao menos por enquanto. Desde o funcionário que vai apertar o botão de ligar/desligar e acompanhar o funcionamento da máquina até o programador do sistema usado existe toda uma linha de produção que pede novos profissionais – especialmente ligados à áreas de TI. Quem se adaptar à nova realidade certamente não será deixado para trás.

Leia a matéria completa (em inglês) sobre o DeepCoder.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *